segunda-feira, 29 de maio de 2017

Look da Blogueira # 45: Lace & Chains

HAIL bloodbaticos, hoje vim com mais um look da blogueira que eu usei pra sair no final de semana passado para um evento de bandas e tomar uns caldos quentes na praça. Tirei algumas fotinhas no espelho e na minha penteadeira, eu amo minha penteadeira por demais, tem que aparecer toda hora nos looks siiim haha u--u

Desta vez ousei em testar uma combinação que deu super certo, um harness de couro e argolas com um vestido preto liso, vestindo blusa arrastão por baixo e um vestido que uso como casaquinho de renda e amei!! Amei mesmo essa composição, tirei umas fotinhas rápidas de espelho que ficaram bem boas até.

O harness ou arreio eu comprei na Galeria do Rock um tempão atrás. Já os 2 vestidos é daquelas lojas mais em conta que nunca tem nome,rs. Também estou usando meia calça e meia arrastão e meu coturno favorito da Vilela.

Preciso arrumar um cantinho de fotos para looks. Um tempo atrás, o meu fundo de looks era na minha porta de poster do Blutengel mas a Boo num ataque de fúria gatonideo acabou rasgando uns haha vai entender essa gata louca. Agora preciso achar um outro lugar para tirar as fotos tô até pensando em fazer um LookBook para dar continuidade ao Dressed to Kill, o que acham?!

E o meu look? Gostaram? Vou fazer mais experimentos assim com minhas roupas, creio que consigo fazer várias combinações legais, é só colocar a chacola vermelha para funcionar.

Batkisses e até a próxima






quarta-feira, 24 de maio de 2017

Comidinhas e Passeios (Viajando pra Sampa parte 02)

Hail bloodbats, como vão? continuando a postagem da minha viagem pra SP para o Maximus Festival, fiz algumas fotinhas e um mini vídeo de passeio na minha cidade favorita e resolvi postar aqui no blog separadamente da Experiência Máximus. Não deu tempo de fazer muita coisa, mas mesmo assim eu sempre registro as minhas andanças e comilanças, mesmo com meu celular zuado,hehe.



Já fazia mais de um ano e meio que eu não ia para SP e um dos lugares que eu mais queria ir novamente era no Chicano, restaurante de comida mexicana da Rua Augusta que fazem os tacos mais gostosos que eu já comi. As fotos ficaram meio zoadas mas o que vale é a intenção. Desta vez eu comi carnitas (carne suina) e barbacoa (carne bovina) com feijão e gacamole, da outra vez eu não tinha comido o feijão, o que ficou muito mais gostoso. O Eros também comeu o burrito de meio quilo, eu já não sou muito chegada em arroz, o que pra mim fica meio estranho com o feijão e enrolado, rs. Essa foi nossa janta da sexta feira que chegamos em SP.





No sábado eu só comi de manhã, o que me fez passar mal e ter piti no Maximus, confesso que o café da manhã do hotel era bem fraco, mas não faltando o famoso ovo mexido de hotel e as salsichas eu já estava bem, faltou o suco de laranja, mas até que foi um café da manhã gostoso. Ao voltar do Maximus, nem comi tanta coisa lá por tão animada que tava, comi batata, o que me salvou do meu piti e no caminho de volta do hotel compramos um monte de porcarias, haha. Foi o que deu pra escolher em vista de como estávamos quebrados ao sair do festival.



Se não fosse tão doce ia ser mara!!

Eu também estava morrendo de vontade de comer no KFC , nossa, que frango!!Domingo, com o resto de forças que restavam, fomos passear na paulista e lá no shopping tinham o KFC. Pelo que eu tinha visto na internet o povo reclamando muito e tal mas eu pedi o baldinho pequeno para as tirinhas e pedaços interior, veio tanto que eu e o Eros conseguimos comer. E posso dizer que foi o melhor frango que já comi, não, não estou sendo paga para dizer isso, eu nem gosto tanto de frango assim mais eu adorei mesmo.

quarta-feira, 17 de maio de 2017

Maximus Festival 2017 (Viajando pra Sampa Parte 01)

🎶 HAIL SATAN! ARCANGELOOOOO  WELCOME YEAR ZEEEROOO!! 🎶

e ai pessoinhas?! Como vão?! Hoje venho com um post fodástico com até intro cantate, lol. SIM, EU FUI NO MAXIMUS FESTIVAL E NÃO, NÃO ESTOU ACREDITANDO ATÉ AGORA!! Eu fui para ver a minha segunda banda favorita (tirando Blutengel, Chris Pohl e cia) Ghost BC e também Five Finger Death Punch.

Tive uma experiência TOTALMENTE INSANAAA no festival, desde ficando pertinho da grade até com direito a ida ao Posto médico com médicos Grey's Anatomy, 😵kkk. Eu nunca tinha ido em nenhum festival assim, e se eu contasse todos perrengues eu eu passei para conseguir ir ao Maximus, daria um livro. Iniciando pelo fato de que fazia um ano e meio que eu já não ia para São Paulo, cidade cinza que eu amo e outra que eu tenho passado por certas tretas na minha vidinha que tá osso, mas agora me sinto de alma lavada, a missa satânica de Ghost levou todas minhas tretas embora, haha. Vou contar um pouco de como foi essa minha: Experiência Maximus, se preparem, porque o post será grande!!!


Fomos pra Sampa na sexta feira por questão de horário, no sábado acordamos cedinho, nos arrumamos e já fomos para a estação de metrô mais próxima do hotel que ficamos, que não era tão bom assim, muito frio e numa rua meio "tensa",mais ok. O pior nem foi mesmo a localização e sim o hotel que era muito frio, com a roupa de cama e até a cortina com manchas estranha, também fazia uns barulhos estranhos, ficamos na parte de trás e tinha coisa em construção. O chuveiro também demorava muito pra esquentar, era um saco pra tomar banho. A tampa da privada tava quebrada, um caos. Creio mesmo que a única coisa legalzinha que eu achei engraçado era o símbolo do hotel que é um 666, kk de resto, no café da manhã nem suco de laranja, uma coisa tão fácil tinha. Só a fachada do hotel mesmo era bonita, porque de resto..pff. Não voltarei.

Look 
Eu optei por não ir gótica trevosa from hell toda emperiquitada por questão de que num evento desse tipo não é Fashion Week pra ir de look todo rebuscado, fui com uma camiseta do Ghost, uma suspernder leggings com arrastão porque dá pra "respirar". A titica do hotel não tinha espelho, como pode um hotel não ter espelho no quarto?! Me arrependi de ter usado coturno, eu já tinha machucado meu pé, como sempre porque o meu modelo é aquele que se divide em duas partes do cano e tem um zíper, o tal zíper machuca a perna. O outro coturno que eu prefiro usar, tem Spikes e não podia entrar no evento de Spikers. Na verdade eu ia de tênis, mas os tênis que eu comprei foram entregues depois de eu já estar em SP, obrigada CUrreios.




Pra chegar no Autódromo de Interlagos, pegamos metrô e trem, que mesmo com mais carros estava bem lento e o caminho pra chegar até a bilheteria era lá na casa do caralho de longe, mas o lugar estava bem sinalizado e não tinha fila nenhuma, a organização foi muito bem feita. Cai no caminho, kkk claro. E chegando para retirar as nossa pulseiras, a burra esquece um documento que precisava, mas consegui pegar as nossas pulseiras, foi nessa ora que eu comecei a tremer toda, e com as pulseiras na mão eu comecei a chorar, gente, como eu pude esquecer um documento?! Ok, passado o susto fomos carregar os tais MTLS, a moeda apocalíptica do evento que porraaaa, tava tudo MUUUUUUITO CARO, mas isso se deve que um evento dessa naipe né, tem custos pra tudo né.


Quando fomos pro palco que iam se apresentar Ghost e 5FDP não tinha muita gente no evento ainda, então conseguimos ficar bem pertinho da grade, o que foi muito bom e muito ruim ao mesmo tempo, por eventos futuros que irei contar, que na verdade nem foi culpa da grade e sim minha. Vimos Oitão, Redfang(sei lá o que eu tava fazendo na hora que eu nem lembro de ter visto kkk),Hatebreed, Bohse Onkelz no palco que estávamos  era o Rockatansky. 
Henrique Fogaça, vocalista do Oitão
Eros com um dos integrantes do Oitão, haha
Não conseguimos ver pelo telão o resto se apresentando, antes de Ghost o telão fubecou, parou de funfar e só voltou quase no final de Rob Zombie, dando pra ver a bunda dele e seus pelos pubianos saindo da calça kkkkkkkkkk, #morta. Logo em seguida 5FDP se apresentou, Não vimos as 3 últimas bandas Slayer, Prophets of Rage e Linkin Park, uma porque já estávamos destroçados, outra que tinha gente pra CARALHOOOOOOOOOOOOOOOO e ia dar um forfé só pra voltar dali no final porque não parava de lotar por todos lados possíveis e impossíveis e ainda estava chegando mais gente, então preferimos ir embora.

Agora vamos abrir dois parênteses aqui para contar minha experiência vendo Ghost5FDP!

segunda-feira, 8 de maio de 2017

Look da Blogueira # 44: Deathrock Sidecut

Hail bloodbats, como vão?! Estou numa semana bem corrida aqui, acertando algumas tretas para finalmente conseguir um final de semana de grande aventura!! AHH!! Estou muito animada,esperem por experiências fodásticas :D uhu!!

Neste final de semana eu resolvi voltar com o meu sidecut, desta vez bem careco mesmo,rs. Também retoquei o meu vermelhão e sai no final de semana para dar uma desestressada e fiz algumas fotos, nada de muito photoshoot mas algumas fotinhas no espelho, que é minha nova "coisa" do momento, hehe.

Usei um look bem "deathrock" para combinar com meu novo cabelinho, arrastão em todo canto e preto, claro, que não tem outra cor no meu guarda-roupas, lol.

Achei que tava meio sem graça sem batom, então coloquei um escuro meio vinho, como também tava frio, coloquei um cardigã e um cachecol e deu super certo!
 Como eu disse, fomos num bar-lanchonete aqui perto, não tinha o que a gente foi comer, que eram big onions, ai comemos um lanche, fiquei meio meh mais ok, hehe foi legal e tava gostoso 😆


Prost!!



El Matador
X-Cheddar
Enfim, gostei das fotinhas e resolvi postar, mas futuramente voltarei com os looks com fotos mais elaboradas, é que eu curto fotos de espelho lol o que acham?! Tá dando pra ver direitinho os looks, só esqueço de tirar a poeira da areia da minha esquilinha hdauihdau antes de tirar as fotas :P

E sobre a grande aventura, não esqueçam de me seguir no IG que colocarei bastante coisas lá sobre isso, não vou contar até eu chegar lá para evitar seca pimenteiras, todo cuidado é pouco. Batkisses